5 MOTIVOS PARA VOCÊ DEIXAR SEU TELHADO VIVO!

O telhado verde é sem dúvida o tema mais comentado quando falamos em arquitetura sustentável e vem interessando muita gente nesses últimos tempos em que a consciência ambiental se torna cada vez mais comum. Esse conceito, que causa em muitos a sensação de novidade, já foi pensado há bastante tempo, mais precisamente no Egito antigo, porém, definido como conceito arquitetônico apenas em 1920, pelo arquiteto francês, Le Corbusier.
O arquiteto modernista Charles-Edouard Jeanneret-Gris, mais conhecido como Le Corbusier, foi quem desenvolveu a ideia de terraços jardins, com a intenção de compensar a pegada ambiental causada pela construção no terreno e proporcionar uma maior qualidade de vida as pessoas através de áreas de lazer verdes.

01_ps_58_green_roof

Motivo 1: Os telhados verdes purificam o ar
Com uma cobertura coberta por vegetação, sua casa, além ter sua pegada ambiental reduzida, contribui para a limpeza do ar absorvendo gás carbônico e liberando oxigênio.

greenroof_floor9

Motivo 2: Sua casa mais fresca
Os telhados verdes funcionam como um controlador térmico fazendo com que o calor gerado pela insolação seja reduzido consideravelmente. Ou seja, um telhado verde funciona como um ar condicionado natural.

Telhado-verde-Arquitetura-Sustentavel-2

Motivo 3: Captação de água da chuva
Por ser coberto por vegetação e uma camada de terra, o telhado verde possui uma grande capacidade de retenção de água da chuva. Com a ajuda de um coletor (aprenda a fazer aqui), essa água pode ser reaproveitada de várias maneiras.

Wood and turf church at Hof

Motivo 4: Isolamento acústico
Além de ser um purificador de ar, o telhado verde ainda contribui para o conforto interno da residência reduzindo a poluição sonora gerada pelo ruído de carros e outros veículos.

Telhado-verde-Arquitetura-Sustentavel-3

Motivo 5: A biodiversidade no telhado da sua casa
Além dos motivos listados à cima, os telhados verdes contribuem para a manutenção da biodiversidade. Segundo estudos realizados pelas universidades Barnard College, Columbia University, Fordham e Universidade do Colorado, as coberturas com vegetação abrigam centenas de espécies de fungos além de aves, esquilos e outros animais.

Fonte: Arquitetura Sustentável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *